Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013

vidas cruzadas

Detestava aquele emprego mas tinha que pagar a renda do seu apartamento imundo e como caído do céu, arranjou o trabalho como barman naquele luxuoso e restrito bar. Se bem que, também detestava o bar. Ouvira muitos rumores acerca do que se passava por entre as altas horas da madrugada ali, mas até agora, á excepção do seu colega, não achara nada estranho. Serviu um homem que trajava um fato Armani e enjoava ao novo perfume de Hugo Boss, momentos depois avistou um outro a entrar e virou de imediato as costas, fingindo estar atarefado. Era melhor tornar-se invisível.

Atirou um sorriso cínico ao empregado e virou-lhe as costas enquanto tomava um golo do seu Jack Daniels. Sentou-se na mesa mais distante, não queria ter um par de ouvidos a mais a escutar uma conversa privada. Sabia que o cliente era demasiado importante para perdê-lo mas detestava a espera que habitualmente lhe proporcionava.

Chegar a horas, não era do seu estilo, deixara isso bem claro na primeira reunião que tivera com ele. Ajustou a gravata e entrou no dito bar que planearam encontrar-se. Aquela música suave não era nada o seu estilo, mas vá, ouvia-se. Ao entrar, observou o empregado e pelo seu ar, concluiu logo que era um dos novos. Ignorou-o e dirigiu-se para o rabugento, que olhava para o relógio freneticamente. Sentou-se calmamente, mostrando-se despreocupado com o olhar implacável que o homem lhe lançara.

 

(sempre pensei em continuar a história quando olhava para este rascunho. Mas nunca me cheguei a sentar para continuar, ainda não tive tempo. Espero um dia ter tempo para todas as minhas histórias inacabadas. )

 

Bom fim-de-semana!

beijinhos.

publicado por Ar às 18:28
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Quadrada a 8 de Fevereiro de 2013 às 20:15
Eu cá acho que devias pegar numa boa chávena de café e sentar-te à frente do computador a continuar isto. Gostei! :)


De Cris. a 8 de Fevereiro de 2013 às 20:57
é, tens razão...
e quanto ao teu rascunho, acho mesmo que devias continuar, está muito bom.


De Cris. a 12 de Fevereiro de 2013 às 21:56
obrigada!
eu percebo... a falta de tempo faz isso, mas acho mesmo que quando conseguires um tempinho, devias apostar nisto.
beijinho *


De Adriana a 15 de Fevereiro de 2013 às 14:57
concordo plenamente, mas eu sei que quando ele faz isto passado uns minutos é como se nada se tivesse passado, mas já me magoou, percebes ?
mas sim tens razão aconteça o que acontecer eles são a minha família e nunca me iram abandonar. mas fico feliz que alguém me perceba :) obrigada e beijinhos


De Beatriiz a 15 de Fevereiro de 2013 às 17:08
Não dá para seguir porque a conta é a mesma do antigo blog e já és minha seguidora, mas em breve apago o antigo blog e fica diretamente ligada ao meu :)


De Cris. a 15 de Fevereiro de 2013 às 19:18
acho que fazes muito bem! e obrigada :)


De Cláudia a 15 de Fevereiro de 2013 às 22:20
Também acho que sim :l
Obrigada querida


De Cláudia a 15 de Fevereiro de 2013 às 23:01
Oh, muito obrigada querida (:
Estou a seguir-te ^^


De Beatriiz a 16 de Fevereiro de 2013 às 17:31
Finalmente resolvi o problema, podes seguir *
Desculpa lá qql coisa :x


De meninapequenina. a 16 de Fevereiro de 2013 às 20:28
Eu gostei muito.
Tenho tendência para também nunca terminar as histórias.


Comentar post