Quinta-feira, 24 de Outubro de 2013

Nar'the II - A Lenda dos Caídos

Olá pessoal, hoje trago-vos um excerto de uma trilogia que ando a escrever: A Arca de Nar'the.

O que irão ler a seguir é o primeiro capítulo do segundo livro.

 Notas: isto passa-se no planeta Nar'the, que pertence ao Sistema Solar Mandira.

Eratria e Echrost são duas ilhas que existem em Nar'the.

Eratria é basicamente uma ilha de servos e Echrost é o Inferno, só que ao invés do que temos como fé no nosso planeta que o Inferno é um local não fisíco, em Nar'the, o Inferno é - espero que tenham percebido.

 

 

I

Num quieto e ansioso silêncio só se faziam ouvir uns murmúrios acerca da acusada, esperando que o juiz finalmente pronunciasse a pena de uma das maiores criminosas de Eratria. Encontravam-se, naquele velho tribunal, somente as figuras políticas e policiais enquanto no recinto a multidão ansiosamente esperava que a palavra morte fosse pronunciada.

- Lyarist Eleicis ser-lhe-á atribuída a sentença de morte – vociferou o juiz, evitando olhar para ela – será executada ao anoitecer.

Ela que estivera o tempo todo cabisbaixa, escondendo o seu rosto, soltou um riso baixo.

- Nunca me apanharão… - sussurrou, levantando de seguida o seu rosto. Fixou o seu olhar no juiz. – enquanto estiver viva.

Mal acabara de pronunciar a última palavra, os guardas que a agarravam pelo braço tombaram e as algemas, que a mantinham prisioneira, caíram juntamente com eles. O pânico apoderou-se dos rostos de quem estava presente ao vê-la livre e os guardas mortos.

Automaticamente, os restantes polícias que ali se encontravam agarraram nas suas armas e saltaram para acção. Lya, sempre com o seu sorriso característico nos lábios, calmamente retirou os punhais cravados na pele dos guardas e manteve-se quieta. Ao avistar os dois primeiros aproximarem-se dela, preparou-se. Agachou-se no preciso momento em que estavam cara-a-cara e se preparavam para lhe bater na cabeça e então, acertou-lhes em cheio nos pulmões. Agarrou de imediato um dos corpos sem vida e utilizou-o como escudo para se proteger das balas até conseguir esconder-se por detrás da mesa de audiência. As balas continuaram a voar até o seu barulho se desvanecer por completo. Levantou-se e expôs o seu novo escudo aos polícias, atirou o cadáver do juiz repleto de balas e riu. Os sobreviventes recuaram, afastando-se da mesa de audiência.

- Já acabaram?

Num salto, colocou-se á frente deles.

- E agora? - olhou-os, sorrindo. Ao observarem-na, testemunharam a sua incrível beleza, notaram que ela possuía algumas feridas superficiais, que ela escondia rapidamente, mas nada que a fizesse abrandar e questionaram-se como teria sido possível ela ter assassinado todos em questão de segundos. Temeram a sua inevitável morte, e com as forças que ainda lhes restavam nos seus corpos débeis, avançaram. Cada esquiva sua, equivalia a uma morte. Depressa o tribunal tornou-se um retrato colorido de vermelho.

- Vemo-nos em Echrost – riu, ajeitando os seus cabelos ensanguentados.

publicado por Ar às 17:15
link do post | comentar | favorito
22 comentários:
De sarah a 5 de Novembro de 2013 às 20:44
obrigada, sigo-te de volta :)


De mia robertson a 5 de Novembro de 2013 às 21:34
estive a ler o que diz no site que me deste e pareceu-me bastante interessante. aliás, agradou-me especialmente esta frase " "Um dia, perguntaram-lhe para onde iria ela. Sorrindo, respondeu, 'até onde o sonho me levar' " está sem dúvida muito bonita.
espero mesmo que consigas publicar a triologia de Nar'the e que seja um sucesso porque, segundo o que tenho visto aqui no blog, parece-me estar excelente!

também não é comigo ahah mas preciso que seja e que tenha uma nota excelente no próximo teste porque preciso mesmo de subir a minha nota a história para que me suba a média porque o meu 10 a história está-me a estragar a média por completo.


De Hrosa a 6 de Novembro de 2013 às 19:01
Gostei muito , mesmo muito. Gostava de ler mais.


De InêsGonzalez a 10 de Novembro de 2013 às 16:42
obrigada ! ainda bem que gostaste !!!


De Christine a 15 de Novembro de 2013 às 21:46
Vou seguir-te :) podes ver o meu a vontade.
Andei a ver uma vista de olhos ao teu e gosteiii principalmente deste teu excerto :)
beijinhos


De Miguel Alexandre Pereira a 22 de Novembro de 2013 às 10:38
Eu sei que a resposta à pergunta que fizeste no comentário vem um bocadinho tarde, mas mais vale tarde do que nunca XD O que eu estou a achar da Chave de Rebecca? Curiosamente, acabei de ler o livro há uns dias. Tenho que reconhecer que gostei imenso, para quem é fã de um bom policial não há melhor! O enredo aborda um pouco da Segunda Guerra Mundial no Egipto, o que para mim foi interessantíssimo! Recomendo totalmente a leitura :)


De Miguel Alexandre Pereira a 26 de Novembro de 2013 às 13:36
Aproveito para dizer que criei um bloglovin para o meu blogue e comecei a seguir, ainda estou a tentar a aprender a mexer nisto. Espero que me sigas de volta :)


De filipa. a 3 de Dezembro de 2013 às 00:39
obrigada :)


De Miguel Alexandre Pereira a 3 de Dezembro de 2013 às 18:17
Recomendo-te totalmente a leitura! Se quiseres recomendo-te a Wook (http://www.wook.pt/?a_aid=529a188691c6f&a_bid=cea2800d) que tem um serviço muito bom e está agora com as promoções natalícias!
Sim, agora já estou a ler a Carrie e está quase no final. Eu devoro livros, só não leio mais porque não posso! Ainda não vi o filme, mas quero ver. Eu gosto sempre de ler antes de ver o filme :)


De sweet a 4 de Dezembro de 2013 às 11:42
Obrigada linda, para ti também! :)


De liz collingwood a 5 de Dezembro de 2013 às 00:24
mas é altamente, eu gosto ;)


Comentar post